ATENÇÃO!!!

Em abril/2014 meu blog passou por uma reformulação, e desde então mudei não só de nome... Agora Episódios Comentados por Dan Artimos é conteúdo do Mundo Blá! Porque de Blá a gente entende!

Clique aqui e continue lendo os meus comentários.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Game of Thrones | S01E09 - Baelor

Game of Thrones
Série: "Game of Thrones"
Episódio: Baelor
Temporada:
Número do Episódio: 9 (1x09)
Emissora: HBO

Primeiro algo bom de "Game of Thrones", que é sua trilha sonora, que nos encanta com suas melodias e conduzem muito bem o clima da trama. Algo algo ainda melhor, que é como George R. R. Martin conduz sua trama, seu jogo de xadrez, movimentando cada personagem, cada peça desse jogo, matando quem estiver no caminho e for necessário para tal movimento.

Não adianta torcer por um personagem, ou aguardar que algo aconteça, pois o que vemos é um jogo de trapaças e corrupção onde nenhum lado tem o bem e o mal, e sim o devido interesse, mesmo que a paz venha cavalgando em mentiras e traições.

Em Porto Real acompanhamos cada movimento, ou tentativa, de Lorde Varys em convencer Lorde Ned Stark em seguir o fluxo de sua vida e aceitar a misericórdia pedida por Sansa Stark ao jovem Rei Joffrey Baratheon, mesmo que ele saiba que Lorde Stannis Baratheon venha reinvidicar a coroa que lhe é direito.

O problema é que Joffrey mente e pede a cabeça de Ned, ao invés de retirar todos os seus títulos e mandá-lo para a Patrulha do Norte. Com a gigantesca espada cortando o céu, vemos Sansa, Cersei Lannister e Arya Stark gritando por piedade, já que Cersei sabe que isso desencadeará uma guerra sem tamanho. Agora é ver se a morte foi real.

Próximo ao Tridente, ponte de ligação entre o Norte e a chegada a Porto Real, Catelyn Stark vai até Lorde Walder Frey pedir que ele honre a palavra que tem com seu pai, o Lorde Tully, mas ela acaba saindo com 2 casamentos arranjados. Arya se casara com Waldron Frey e Robb Stark com qualquer filha de Walder que ele escolher, desde que vençam a guerra.

Sem saída, Robb aceita e arma um belo plano, onde envia 2 mil de seus 20 mil homens como isca até Lorde Tywin Lannister e consegue trazer como prisioneiro Sor Jaime Lannister, algo mais do que valioso em suas mãos.

Gostei muito dos momentos onde descobrimos mais sobre Tyrion Lannister, como seu casamento com uma puta arquitetado por Jaime, e sua proximidade de Bronn e Shae, sua companhia fixa. Além disso, vemos a lealdade das tribos pelo Metade Homem. As brincadeiras com a vela e o de bebedeira com mentira, deram um toque ainda mais brincalhão a Tyrion, que fica cada vez melhor. Tywin se mostra cada vez mais repugnante, mesmo que seu ar de nobreza embace um pouco isso.

Na Muralha, mesmo com Jon Snow lutando para descê-la e ir se juntar a Robb na guerra pela vida de seu pai, Meistre Aemon abre seus olhos sobre lealdade e muitas coisas ao contar sua própria história de vida, onde esteve sempre na muralha, mesmo com a morte de todos os seus familiares, e o nome de sua família, os Targaryens.

Falando neles, Daenerys Targaryen passa por uma grande prova ao ver seu marido, Khal Drogo cair do cavalo e ter sua ferida infeccionada, além de ter todo o povo andando para trás, mesmo com ela sendo uma khaleesi, o que perde força com a morte de Drogo, e assim ela pode perder além do marido, o próprio filho. Agora tudo está nas mãos de Mirri Maz Duur, e na proteção de Jorah Mormont.

O fim está a um passo, e este último episódio promete ser o mais intenso. "Game of Thrones" trilhou um caminho seguro, prendeu a todos nessa trajetória e agora vem para finalizar com chave de ouro.

Nota 4 de 5.

3 comentários:

  1. Essa semana quase infartei e tive um derrame ao mesmo tempo porque li um spoiler que entregava o final deste episódio.
    Tirou o elemento surpresa que todo episódio vem apresentando, mas mesmo assim gostei muito. Que reizinho de b¨%$¨$4 hein.

    Tô gostando do rumo do núcleo do Khal Drogo, com as rusgas dos membros e o elemento místico da bruxa em contraponto com a visão mais "cética" de alguns personagens: "Se eu morrer, chore por mim" "Se você vai estar morto, como vai saber?"

    Eu nem ía ler o livro, mas quando acabar a temporada, acho que vou correr pra ler sim.

    ResponderExcluir
  2. Difícil escolher quem eu odeio mais, se o Joffrey ou aquele sobrinho da Catelyn Stark, que mama no peito da velha.

    ResponderExcluir
  3. Estou lendo o livro e assistindo a serie e falo pra vcs não tem diferença... pela primeira vez eu vejo um seriado q não deixa nada a desejar do livro.

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos, pois assim podemos trocar conhecimentos e discutir sobre o episódios. Além disso, sua opinião é importante para continuarmos melhorando.


Equipe Episódios Comentados.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...